emagrecer,dieta,abnoplastia,

reabilitação,quimica,engravida,criança,emagrecer,obsidade

quinta-feira, 21 de março de 2013

sintomas que não deve ignorar

-->

Descubra as doenças que escondem e os tratamentos mais eficazes para as vencer

Alguns sintomas, por si só, não se revestem, aparentemente, de particular gravidade.
No entanto, podem ser indicativos de outras doenças mais sérias, para as quais devemos estar alerta, de forma a diagnosticá-las e, se necessário, recorrer a tratamento. O dicionário define sintoma como um fenómeno subjetivo revelador de uma doença. A definição não pode ser mais clara e específica.
No entanto, a maior parte das vezes, ignoramos o mal estar, à partida, tão inócuo como uma perda excessiva de cabelo ou uma alteração da cor da língua. Na verdade, estes sinais podem representar verdadeiras chamadas de atenção que o corpo nos envia. A intensidade e as características dos sintomas é que ativam o nosso sistema de alarme. Assim, é muito importante saber descodificar os sintomas para se tomar as medidas oportunas. Na dúvida, deve sempre consultar o médico.

1. Perda de peso
Uma perda de peso involuntária durante um considerável período de tempo pode ser indicativa de um vasto leque de patologias subjacentes. Isto, evidentemente, se não tiver mudado o seu estilo de vida nem hábitos alimentares.

O que pode indicar
Esta perda de peso traduz um sintoma de perturbações endócrinas e pode indicar diabetes, hipertiroidismo, doenças gastrointestinais, deficiências nutricionais. Além disso, esta doença pode ser sinal de problemas psiquiátricos, infecões, doenças neurológicas ou outras doenças, como cancro, tuberculose e sida.
A depressão, a anorexia e a bulimia não diagnosticada, ou a ingestão de certas drogas, também podem estar implicadas neste sintoma. Deve seguir uma alimentação equilibrada e praticar exercício físico, de forma moderada. Em todo o caso e se não conhece a origem da perda de peso, deve procurar um médico.

Quando ir ao médico
É particularmente aconselhável ir ao médico quando a perda de peso se mantém constante, excessiva (superior a 10% do peso normal) e sem razão aparente. Também se deve estar atento a outros sintomas que acompanhem a perda de peso, como dor, hemorragias, falta de apetite e cansaço excessivo. No caso dos adolescentes, é necessário compreender se a imagem que têm do seu próprio corpo corresponde à real (se acham que estão demasiado gordos e exageram nas dietas).

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs