emagrecer,dieta,abnoplastia,

reabilitação,quimica,engravida,criança,emagrecer,obsidade

Mostrando postagens com marcador Dicas P/Viver Melhor. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dicas P/Viver Melhor. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Campanha para Doação de Leite Humano "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa"

Com o slogan "Um pouquinho do que você doa, é tudo para quem precisa", a campanha aborda a necessidade do leite humano ao desenvolvimento dos bebês, como única fonte de alimento até os seis meses de idade
Com o objetivo de conscientizar a sociedade para a importância da doação de leite humano e incentivar a prática entre mães que amamentam, o Ministério da Saúde, em parceria com a Rede Global de Bancos de Leite Humano, lançou, nesta terça-feira (16), a Campanha Doe Leite Materno. A amamentação é o principal fator de redução da mortalidade na infância e, por isso, a campanha prevê o aumento do número de novas doadoras voluntárias, bem como do volume de leite humano coletado e distribuído aos recém-nascidos prematuros e de baixo peso, internados no Brasil.

Durante o lançamento, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, destacou que o Brasil é referência mundial em doação de leite. “Este reconhecimento é mais uma conquista do SUS. O Ministério da Saúde continuará dando todo o apoio necessário para estimular cada vez mais a amamentação e a doação de leite entre as mães brasileiras, práticas que contribuíram para a redução da mortalidade infantil em todo o mundo. Espero que no próximo ano possamos comemorar um avanço no número de doações e bebês beneficiados. Doar leite humano é salvar vidas”, afirmou o ministro.
No evento, estiveram presentes, além do ministro da Saúde, Ricardo Barros, a atriz e embaixadora da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, Maria Paula, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, entre outras autoridades. Os ministros de Cabo Verde e Equador, países para quem o Brasil exporta técnicas de baixo custo para implantar bancos de leite, participaram dos seus países, por meio de conferência.
O governador Rodrigo Rollemberg destacou os resultados já alcançados no DF. “Tenho orgulho em dizer que o Distrito Federal é referência nacional em doações de leite materno. Conseguimos este resultado com o esforço de todos os profissionais, principalmente do Corpo de Bombeiros, que participa inteiramente do processo de coleta. Hoje, o DF possui 13 bancos de leite com o padrão ouro. Continuaremos com todo o empenho necessário para manter e ampliar este resultado”, destacou o governador.
A embaixadora Maria Paula reforçou a importância das mães doarem o leite materno. “A maternidade foi um divisor na minha vida. De artista, me transformei em ativista deste projeto tão maravilhoso que salva vidas. Doar leite materno possibilita que os bebês prematuros tenham sua vida preservada. Se todas as mães doarem um pouquinho do seu leite, a gente consegue mudar o mundo em apenas uma geração”, ressaltou Maria Paula.
Os Bancos de Leite Humano (BLH) são casas de apoio à amamentação que surgiram como uma estratégia de qualificação da assistência neonatal em termos de segurança alimentar e nutricional, com foco em ações que ajudam a reduzir a mortalidade infantil em instituições hospitalares. O trabalho é voltado a crianças que demandam cuidados especiais em unidades de terapia semi-intensiva e intensiva, ou seja, bebês que nasceram prematuros, com baixo peso. São crianças que, pelas mais variadas razões, precisam de uma atenção especializada.
A estratégia de Bancos de Leites Humano (BLHs) do Brasil, desenvolvida há 32 anos pelo Ministério da Saúde, já beneficiou, entre os anos de 2009 e 2016, mais de 1,8 milhão de recém-nascidos. Contou com o apoio de mais de 1,3 milhão de mulheres doadoras, com aproximadamente, 1,4 milhão de litros de leite coletados. Em 2016, os BLHs do país, registraram mais de 300 atendimentos em grupos, 1,7 milhão de atendimentos individuais e aproximadamente, mais de 270 mil atendimentos domiciliares.
Neste mesmo período, em todo o mundo, mais de17,8 milhões de mulheres foram assistidas por BLH. Foram mais de 1,5 milhão de litros de leite doados por 1,8 milhão de mulheres doadoras e mais de 1,5 recém-nascidos beneficiados.
Para Gisele Bortolini, mãe da pequena Helena, o trabalho do Banco de Leite foi fundamental para o desenvolvimento da sua filha, que nasceu prematura, com 30 semanas. “A doação de leite humano realmente salva vidas. Tive uma gravidez complicada com diagnóstico de pré-eclampsia. Minha filha passou quatro meses no hospital e o banco de leite foi fundamental para o desenvolvimento dela. A amamentação é um momento muito importante para o bebê e um período de solidariedade entre as mães”, reforçou Gisele.
MAIOR REDE - O Brasil possui a maior e mais complexa rede de banco de leite do mundo. Hoje, existem no país 221 BLH, em todos os estados e Distrito Federal, e 186 Postos de Coleta, além da coleta domiciliar. O modelo brasileiro de bancos de leite humano é focado na promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, exclusivo, até os seis meses e continuidade da amamentação por dois anos ou mais. Além de coletar e distribuir leite humano de qualidade a bebês prematuros e de baixo peso, contribuindo para a diminuição da mortalidade infantil.
Todo leite coletado nos bancos passa por um rigoroso controle de qualidade, antes de ser distribuído, e é fornecido de acordo com as necessidades de cada criança. No Brasil, nascem aproximadamente 3 milhões de bebês por ano, sendo que 332 mil são prematuros ou vêm ao mundo com baixo peso (menor de 2,5kg). Muitas dessas crianças precisam permanecer internadas assim que nascem até terem condições de ir para a casa. Esses bebês têm melhores chances de sobrevivência e recuperação, se a alimentação com leite humano for ofertada.
Apesar das mobilizações já realizadas, o número de doações de leite humano ainda é baixo em relação à demanda. Hoje, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano consegue suprir aproximadamente 60% da demanda para os recém-nascidos prematuros e de baixo peso internados nas UTI Neonatais do Brasil. Isso significa que cerca de 40% dos bebês internados que precisam não podem contar com o leite humano na sua alimentação. Por isso o Ministério da Saúde, em parceria com a rBLH, realiza todos os anos uma campanha, para estimular que amamentam a adotar a prática.
A doação de leite humano, além proporcionar o alimento mais completo que existe para bebês internados, também representa uma economia de R$ 180 milhões para o país com a diminuição da necessidade de compra de fórmulas artificiais para recém-nascidos prematuros nas maternidades do SUS.
A amamentação é a forma de proteção mais econômica e eficaz para redução da mortalidade infantil, pois permite grande impacto na saúde da criança, diminuindo a ocorrência de diarreias e infecções, principais causas de morte de recém-nascidos, ao mesmo tempo em que traz inúmeros benefícios à saúde da mulher, como a redução das chances de desenvolver câncer de mama e de útero. Estima-se que o aleitamento materno seja capaz de diminuir em até 13% a morte de crianças menores de 5 anos em todo o mundo por causas preveníveis. Nenhuma outra estratégia isolada alcança o impacto que a amamentação tem na redução das mortes de crianças nessa faixa etária.
COOPERAÇÃO INTERNACIONAL - O Brasil transfere os princípios utilizados na implantação do BLH, capaz de alinhar baixo custo com alta tecnologia, a 24 países ao redor do mundo: Angola, Argentina, Bolívia, Belize, Cabo Verde, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Moçambique, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.
São acordos firmados de cooperação técnica para a implantação do banco de leite humano no país. Em todos os casos, são realizadas visitas exploratórias de técnicos de ambos os países para receber orientação e capacitação em banco de leite humano.
A cooperação internacional começou nos anos 80, quando os bancos de leite humano passaram a constituir uma Política de Saúde Pública no Brasil – país que lidera o movimento internacional em prol da amamentação e da doação de leite humano, por meio da Agência de Brasileira de Cooperação (ABC) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Desde então, os resultados positivos para o aprimoramento da atenção à gestante e a recém-nascidos internados em unidades neonatais – e a redução da mortalidade infantil no país – chamaram atenção da comunidade internacional para a estratégia nutricional praticada pelo Brasil.
Em 2001, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu a rBLH-BR como uma das ações que mais contribuíram para redução da mortalidade infantil no mundo, na década de 1990. De 1990 a 2012, a taxa de mortalidade infantil no Brasil reduziu 70,5%.
SERVIÇO - Toda mulher que amamenta é uma possível doadora de leite humano, basta estar saudável e não tomar nenhum medicamento que interfira na amamentação. Por isso, quem estiver amamentado e quiser doar, basta procurar o banco de leite humano mais próximo ou ligar para o Disque Saúde, no número 136.
Não existe quantidade mínima para fazer a doação. Qualquer quantidade é importante. Um pote de 300 ml de leite humano, por exemplo, pode alimentar até 10 recém-nascidos internados. Por isso, a mulher não precisa se preocupar em encher o pote para fazer a doação. Todo leite doado é analisado, pasteurizado e submetido a rigoroso controle de qualidade pelos Bancos de Leite Humano antes de ser ofertado a uma criança.
Antes da coleta, é aconselhável que a doadora faça uma higiene pessoal, cobrindo os cabelos com lenço ou touca, usando pano ou máscara sobre o nariz e a boca, lavando bem as mãos e os braços, até o cotovelo, com bastante água e sabão. As mamas devem ser lavadas apenas com água e, em seguida, secadas com toalha limpa. O leite deve ser coletado em local limpo e tranquilo. O leite humano extraído para doação pode ficar no freezer ou no congelador da geladeira por até 10 dias. Nesse período, deverá ser transportado ao banco de leite humano mais próximo da sua casa.

Por Nicole Beraldo, da Agência Saúde
Atendimento à Imprensa
(61) 3315-3880/3580

terça-feira, 16 de maio de 2017

Alcoolismo: saiba onde encontrar um tratamento gratuito

Alcoolismo: saiba onde encontrar um tratamento gratuito 

 Resultado de imagem para Alcoolismo: saiba onde encontrar um tratamento gratuito


Tratando-se de uma doença crônica, o alcoolismo precisa de cuidados para o resto da vida, mas a luta é individual. Isso significa que para muitos, a sobriedade é através de reuniões do Alcoólicos Anônimos , Associação Antialcoólica. Para outros, será através de profissionais da saúde (psicólogos, médicos psiquiatras, etc) e há quem busque a internação. E, claro, há pessoas que preferem a união de vários tipos de tratamento.
Para quem busca tratamento gratuito, separei algumas opções:

Alcoólicos Anônimos

O grupo de ajuda mútua é referência no apoio ao alcoólatra que quer parar de beber. Ninguém paga nada para participar de uma reunião e um dos grandes princípios é o sigilo. Presente no Brasil há 80 anos, o Alcoólicos Anônimos possui reuniões em quase todas as cidades do Brasil. Com certeza você encontrará uma perto de você. Para saber qual o endereço, basta acessar o site www.aa.org.br.

CAPS – AD

Os Centros de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas são unidades de saúde feitas para atender gratuitamente quem precisa tratar o alcoolismo. O acompanhamento é realizado através de médicos, psicólogos e terapeutas. Também há abertura para a participação da família. Pelo tamanho da demanda, ainda temos poucas CAPS – AD no Brasil.
Quando o alcoólatra mora em uma cidade que não tem o CAPS – AD, pode procurar um CAPS tradicional (que cuida da saúde mental) ou uma unidade básica de saúde de seu município para fazer o tratamento.
Se houver necessidade de internação, é o próprio CAPS que faz a solicitação e encaminha o paciente para alguma das instituições associadas. Para mais informações, acesse: Centro de Atenção Psicossocial.

Guia Clínicas de Recuperação

Existem algumas comunidades terapêuticas que oferecem internação gratuita. Um dos caminhos para encontrar uma é através do Guia Clínicas de Recuperação – um site onde é possível encontrar tratamento gratuito e particular em todo o Brasil. Basta buscar pela cidade e pelo estado. Acesse www.clinicasderecuperacao.com.br.

Universidades

Algumas universidades públicas e privadas possuem ambulatório com atendimento médico e/ou psicológico focado na recuperação dos alcoólatras. Se na sua região tem uma universidade que tenha cursos na área de saúde (medicina, psicologia, enfermagem, etc) se informe sobre atendimento para a comunidade.

Justiça

Em casos em que o alcoólatra deseja fazer tratamento em consultório ou ser internado e não consegue atendimento gratuito, ele pode recorrer à Justiça. Neste caso, é preciso buscar o Ministério Público e levar toda a documentação de que precisa de tratamento e que não conseguiu uma vaga gratuita.  O e-book Como Conseguir Internação Gratuita para Dependente Químico em Clínica Particular explica com detalhes sobre esse caminho. Para baixar gratuitamente, acesse Ebook Internação Gratuita.   
Veja também: Conheça os principais tipos de tratamento para alcoolismo




SUS oferece tratamento gratuito para diabéticos

  14 de novembro é lembrado o Dia Mundial do Diabetes, doença crônica que atinge entre 9 e 10 milhões de brasileiros com mais de 18 anos

quinta-feira, 27 de abril de 2017

aveia planta

A aveia é cultivada em todas as zonas temperadas, pois ela têm uma exigência menor por calor estival e maior tolerância pluvial do que outros cereais, como trigo, centeio ou cevada, por isso são particularmente importantes em áreas com verões amenos e úmidos, como Noroeste da Europa, elas chegam a ser cultivadas com ...
Aveia
Aveia
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Angiospermas
Classe: Liliopsida
Ordem: Poales
Família: Poaceae
Gênero: Avena
A aveia, Avena L., faz parte da família Poaceae, está incluída na subfamília Poideae e gênero Avena. Este gênero engloba 450 espécies, sendo que as que recebem maior atenção pelos agricultores são Avena sativa e Avena byzantina. Os produtores de maior destaque no cenário mundial pela intensidade com a qual produzem a aveia são russos, canadenses, norte-americanos, alemães, australianos, finlandeses, poloneses e suecos.
A aveia é um alimento cereal nutricionalmente rico. Possui muitos elementos fundamentais para se ter uma dieta alimentar saudável, como cálcio, ferro, carboidratos, vitaminas, minerais e, especialmente, as fibras. Por ser de fácil preparo e de muitas combinações alimentares já que não possui um sabor relevante, a aveia tem ainda esse apelo natural: as fibras. Esse elemento maravilhoso é um prato cheio para quem precisa regular o intestino, pois consumindo a dose certa indicada por um especialista em nutrição, é possível “fazer as pazes” com seu intestino, combatendo a constipação intestinal (ou “intestino preso”, ou “prisão de ventre”).
Além disso, alguns estudos já comprovaram o poder efetivo da aveia quando associada a uma alimentação saudável no combate ao colesterol ruim (o LDL). E ainda tem alguns cientistas que defendem que o uso comedido da aveia também ajuda no controle do diabetes e da hipertensão. E todos esses benefícios graças a uma fibra solúvel chamada  β-Glucana. A quantidade desta fibra está diretamente relacionada com o tipo de aveia, em maior proporção está presente no farelo de aveia, depois nos flocos de aveia e por último e em menor concentração vem a farinha de aveia.
Também no tratamento auxiliar para combater a obesidade a aveia é largamente utilizada, pois teria relação direta com a diminuição na formação de gorduras em placas, as ateromas, no organismo.
Porém, vale ressaltar que os portadores de doença celíaca ou de qualquer outra doença que o deixe intolerante ao glúten não deve usufruir deste cereal e de seus benefícios.
Bibliografia:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Aveia
http://cyberdiet.terra.com.br/aveia-saude-em-sua-mesa-2-1-1-21.html
http://www.anutricionista.com/aveia-quais-sao-os-seus-beneficios.html
Foto: USDA-GIPSA / http://www.gipsa.usda.gov/fgis/educout/commgallery/gr_greyoats.html

Oftalmologia métodos que melhoram sua visão de modo natural.

Como todos sabem, meu principal objetivo é sempre encontrar métodos que melhoram sua visão de modo natural. E sabendo disso, sempre me perguntam sobre: Existem alimentos, ervas e suplementos que melhoram a visão? E a resposta é sim.
.

Como usar as compressas para os olhos energizadas

É bom lembrar que as plantas e ervas têm energias que afetam nossas questões tanto emocionais, quanto físicas. Eu, por exemplo, deixei de ter uma “farmacinha” alopática e hoje consigo resolver 99% dos pequenos problemas do dia-a-dia com ervas.
Dores de cabeça, no corpo, alergias, inflamações, de tudo um pouco, eu consigo resolver com ervas. Inclusive a saúde dos olhos com as compressas.
Logicamente que isso não substitui o tratamento convencional e você, em momento nenhum, deve suspender nenhum medicamento. Por isso, é sempre imprescindível que você esteja em dia com seu médico oftalmologista.
Um outro detalhe é que é bom lembrar que em nenhum momento vamos usar essas plantas para pingar no olho e nem ingerir. Todas dicas e técnicas se resumem a compressas para os olhos. Tudo de forma externa, sem qualquer contraindicação.
Compressas energizadas
E um dos segredos aqui é a fitoenergia, que é a técnica que ativa a energia das plantas. Algo muito simples e que você pode fazer em casa.

As ervas para compressa no olho

E se você está preocupado com algum tipo de alergia, lembre que aqui só usaremos quantidades bem pequenas das ervas. Até porque só precisamos de um pouca quantidade, já que trabalharemos principalmente a energia delas.
Antes de falarmos sobre as ervas, uma outra dica é tentar não alterar nada nas receitas e compostos. Use essas mesmas ervas e as quantidades que eu estou passando, assim não há perigo algum.
Vamos às ervas?
Compressas Camomila

Camomila

Talvez uma das mais famosas, tem propriedades bem conhecidas e todos a usam para fins calmantes, o que se estende para os olhos. Já em termos de energia a camomila ainda gera bem estar e otimismo. Uma erva muito boa para você trabalhar sua paz interior.
Compressas Erva-Doce

Erva-doce

Além de ser muito cheirosa e ter também propriedades calmantes, a erva-doce ainda é uma erva conhecida por criar uma certa sonolência, o que é ótimo para relaxar a área da visão. Além de que, assim como o camomila, entrega essa paz interior e otimismo.
Compressas Açoita-Cavalo

Açoita-cavalo

Não é tão comum e um pouco mais difícil de encontrar, pode ser usada a partir de qualquer pedaço da planta. E por isso mesmo, você irá encontrá-la tanto em estado fresco, quanto desidratado, e suas propriedades podem ser aproveitadas do mesmo jeito, desde que as folhas não estejam velhas e amareladas.
Boa para o astigmatismo. Em termos fitoenergéticos, vai ajudar você a enxergar nas entrelinhas, o que combina com o astigmatismo. Boa então para desvendar os mistérios e entender melhor tudo ao seu redor.
Compressas Calêndula

Calêndula

Nesse caso eu uso a parte da flor, que é linda e ainda tem propriedades calmantes e anti-inflamatórias. Já em termos de energia, é conhecida não à toa como a “planta da alegria”.
Compressas Eufrásia

Eufrásia

Também não é tão fácil de ser encontrada, pode ser usadas à partir de qualquer parte dela. E aqui uma curiosidade que diz muito sobre essa erva, já que ela também é conhecida como “Eye Bright”, e é sempre muito relacionada a questões visuais, com propriedade cicatrizantes e anti-inflamatórias. Sendo ótimas para conjuntivites.

Como fazer as compressas ficarem energizadas

Primeiro de tudo, para você fazer suas compressas com ervas é preciso alguns cuidados. Eu prefiro usar uma água alcalina, mas o mais importante é nem esquentar a água no micro-ondas e muito menos deixar que ela ferva.
Eu ainda prefiro usar um caldeirãozinho de cerâmica ou de vidro, fugindo sempre do alumínio ou ferro que soltam propriedades prejudiciais à saúde.
E outra coisa importante é, se você não estiver a vontade com os princípios de fitoenergia e como combinar as ervas, ative uma de cada vez. Não é preciso montar um composto logo de cara.
Primeiro de tudo, pegue uma pitadinha da erva e coloque em outro recipiente. Você vai então ativar essa energia, e vai fazer isso com sua própria energia, quase como um Reiki.
Você pode então aquecer suas mãos uma na outra, respirar fundo e aproximá-las da erva. Dê uma energia de gratidão para essa planta que ela vai te devolver. Imagine saindo uma luz verde de seu coração, uma luz prata do topo de sua cabeça e elas vibrando na sua mão e passando essa vibração para as ervas. Quando você conseguir mentalizar essas luzes claramente, a erva está energizada.
Após a energização, é importante misturar a erva com a água, deixar descansar durante três minutos. Umideça um pano ou toalha limpa com o chá e aplique sobre seus olhos fechados.
Compressas quentes relaxam a musculatura e trazem maior circulação sanguínea, mas se você tiver alguma inflamação é melhor fugir da opção quente ou ela irá piorar seu problema. Nesse caso é só deixar ela um pouco na geladeira.
Depois disso, é só relaxar e curtir as melhoras de modo saudável e natural. Seus olhos agradecem.

Quer saber mais sobre saúde natural dos olhos?

Cadastre-se em minha Lista Vip, é totalmente gratuita, e por ela eu envio e-mails com Vídeo Aulas, Dicas e Exercícios Visuais para você praticar.
É por e-mail também que eu aviso quando os Programas Onlines estão com as inscrições abertas. Neles você têm acesso ao meu acompanhamento e também aos programas específicos de exercícios para cada problema visual.
Dois sábados por mês, das 9:00 ás 10:00, no Parque Villa Lobos – São Paulo, bem em frente ao anfiteatro (entrada principal), fazemos exercícios visuais ao ar livre, É totalmente gratuito e sem compromisso!!!
Basta chegar e participar !!!  Convide seus amigos e familiares, e venha sem lentes de contato!
Para saber as datas envie um e-mail para suportedratatiana@gmail.com

diagnostico medico online verificador de sintomas on line

Verificador de sintomaHá momentos em que queremos verificar certos sintomas da doença nós ou nossos entes queridos estão experimentando. Podemos não ter a certeza se os sintomas merecer investigação mais profunda ou podemos só quer satisfazer a nossa curiosidade sobre saúde e fitness em geral.
Neste artigo, vamos olhar para dois guias online para verificar seus sintomas da doença on-line, que são extremamente fácil de usar e fornecer informações sobre as causas prováveis.
Antes de prosseguir, é necessário ressaltar que estes guias não deve ser utilizado como um substituto para o conselho médico profissional. É melhor que você usar essas ferramentas como um recurso complementar para obter mais informações, enquanto você pode estar esperando por nomeação do seu médico, ou para saber mais sobre certas doenças.

Verifique os sintomas em linha com Verificador de Sintoma WebMD

Web MD Sintoma Checker é uma ferramenta fácil de usar interativo, onde você seleciona sintomas específicos e identifica possíveis causas.
verificar os meus sintomas on-line
Você começa a escolher o seu sexo e idade, após o qual você pode especificar os sintomas em três formas no painel esquerdo:
  • Você pode identificar o sintoma de zoom na parte do corpo afetada no mapa interativo do corpo humano à esquerda.
  • Você pode selecionar de uma lista de 76 possíveis sintomas organizados em uma lista alfabética e uma lista sintomas comuns.
  • Você pode procurar por sintomas usando a caixa de pesquisa.
Se for o caso, você pode selecionar e adicionar mais sintomas. Depois de identificar os sintomas, o Verificador de Sintoma mostra uma lista de possíveis condições que podem ser a causa deles. Você pode verificar mais sobre qualquer condição possível para a direita dentro do Verificador de Sintoma.
verificar os meus sintomas on-line
Para cada condição, Sintoma Checker fornece uma visão geral, uma lista de todos os sintomas associados a essa condição, e artigos relacionados e vídeos no site da WebMD.
verificar sintomas da doença on-line

Mayo Clinic Verificador de Sintoma

Utilize este guia para descobrir as causas mais comuns de os sintomas mais comuns. A Clínica Mayo Sintoma Checker tem uma abordagem diferente para isolar possíveis condições do que a versão WebMD.
diagnosticar sintomas
Antes de selecionar entre Adulto e os sintomas da criança na primeira página. Para os adultos, há 28 sintomas comuns listados. Depois de escolher um tipo de sintoma, a próxima página permite que você selecione os fatores relacionados, dependendo do sintoma selecionado:
  • Detalhes como persistente / intermitente, começou de repente / gradualmente, etc.
  • Se ela afeta ambos os pares de mãos / pés / etc.
  • Detalhes da dor - duração, padrão, gravidade, localização
  • Os fatores desencadeantes, tais como lesões, uso repetitivo, estresse, mudança no padrão de sono, etc.
  • fatores atenuantes, como medicação, repouso
  • sintomas acompanhantes associadas com o sintoma seleccionado
Note que esta página é específico e diferente para cada um dos 28 sintomas listados na primeira página. As perguntas nesta página são semelhantes ao que um médico iria pedir-lhe depois de contar a ele sobre um sintoma. Assim, o processo realmente se sente semelhante a um diagnóstico real!
diagnosticar sintomas
Depois de fazer as seleções apropriadas nesta página, a próxima dá-lhe possíveis causas dos sintomas. Aqui, você pode ver todos os fatores associados ou sintomas relacionados com esta condição.
diagnosticar sintomas
Clicando sobre a condição leva você para a página principal para ele no site da Mayo Clinic. Aqui, você vai encontrar uma grande variedade de informações e recursos, tais como descrição, causas, fatores de risco, testes e diagnóstico, tratamento e medicamentos, remédios caseiros e alternativas, prevenção, etc.
Para obter mais artigos relacionados com a saúde, vá para a categoria de saúde.
Queria encontrar essas ferramentas úteis? Qualquer outro guia doença em linha que você prefere? Conte-nos nos comentários!

 


terça-feira, 18 de abril de 2017

Doença do Refluxo Gastroesofágico II | GASTROENTEROLOGIA





Doença de Chagas - Resumo - Parasitologia





HCor Explica: "Doença de Parkinson" - Sintomas

Os sintomas da Doença de Parkinson geralmente surgem só de um lado do
corpo e o paciente se queixa que um lado não acompanha o outro.

Neste
HCor Explica, o Dr. Denis Bichuetti, neurologista do HCor, fala sobre
os quatro principais sintomas da doença e se ela afeta o paladar e o
olfato. Confira:



gengibre mata células cancerígenas e limpa o fígado

Chá de gengibre: dissolve pedras nos rins, mata células cancerígenas e limpa o fígado – aprenda a receita

Ele fortalece o sistema imunológico, trata a dor, ajuda a digestão, trata doenças cardíacas e asma. É também um remédio natural popular para limpar o fígado e tratar infecções.
O consumo de chá de gengibre combate resfriados comuns e a gripe mais eficazmente do que os medicamentos convencionais.

Esta bebida saudável oferece muitos outros benefícios para a saúde, incluindo:
<
Limpa o fígado
Dissolve pedras nos rins
Reduz o risco de acidente vascular cerebral
Fornece minerais e vitaminas necessárias
Previne o câncer e destrói as células cancerígenas
Melhora a circulação já que tem potentes propriedades de aquecimento
Como preparar o chá:
Ingredientes:
¼ colher de chá de gengibre moído
¼ colher de chá de açafrão moído
Leite de coco
Um copo de água
Mel (opcional)
Como fazer:
Você deve ferver a água e adicionar o açafrão e gengibre. Em seguida, deixe cozinhar por 10 minutos e adicione o leite de coco.
Esfrie um pouco e adicione mel para adoçar. Aprecie!

QUIABO PARA CONTROLAR DIABETES, LIMPAR RINS E COMBATER ASMA!


ESTA É A FORMA CERTA DE USAR O QUIABO PARA CONTROLAR DIABETES, LIMPAR RINS E COMBATER ASMA!

Só para se ter ideia da mortalidade da doença, no Brasil ela mata quatro vezes mais que a aids, segundo dados do Ministério da Saúde.
Se você tem a doença, é muito importante a orientação de um bom médico.
Mas não menospreze o poder da medicina caseira.
Estas duas receitas caseiras que ensinaremos adiante, por exemplo, são poderosíssimas.
Falemos de cada uma delas.
A primeira: a água de quiabo.
O quiabo (Abelmoschus esculentus) é amado ou odiado por muitos por causa da característica de ser bem “pegajoso”.
Mas é justamente graças à sua “baba” que o quiabo tem muitas propriedades medicinais: é bom para a visão, trata úlcera estomacal, atua contra a asma, normaliza o colesterol, evita o câncer de cólon, combate a prisão de ventre.
Outro grande benefício do quiabo é o controle do diabetes e do colesterol.
Sem exagero, podemos dizer que o quiabo é o melhor remédio natural para o diabetes.
E o segredo é a mucilagem liberada pelo quiabo, conhecida popularmente como “baba”.
Nela há uma grande concentração de fibras que ajudam a baixar os níveis de glicose no sangue a partir do intestino.
Em estudo de 2011 publicado no Journal of Pharmacy and Bio-allied Science, os pesquisadores confirmaram que o quiabo era uma potencial fonte alternativa para o tratamento do diabetes, pois reduziu o nível de açúcar no sangue de forma significativa em animais testados em laboratório.
Para fazer a água de quiabo, você vai precisar de 4 a 6 quiabos  e de 200 ml de água.
Corte os quatro quiabos no meio, descartando as pontas, e ponha-os num copo d’água.
quiabo_-_diabetes
Tampe o copo.
Deixe de molho durante a noite.
Na manhã seguinte, retire os quiabos e beba a água.
<
De preferência, tome essa água em jejum e espere meia hora para comer ou beber.
A água de quiabo também é ótima para limpar os rins (cálculos renais) e combater a asma.
A segunda receita é o suco de maxixe.
Infelizme, o maxixe (Cucumis anguria L.) não é fácil de ser encontrado.
Mas se você tiver acesso fácil a ele, vale investir no seu consumo.
O maxixe é rico em zinco, mineral importante para o bom funcionamento de todos os tecidos do corpo e para o metabolismo do açúcar e de proteínas.
Também é fonte de cálcio, fósforo, ferro, sódio, magnésio, vitamina C, vitaminas do complexo B e betacaroteno (pró-vitamina A).
Por ser rico em zinco, auxilia no combate e na prevenção dos distúrbios da próstata; diminui o depósito do mau colesterol; elimina manchas brancas nas unhas e ajuda na cicatrização de ferimentos diversos.
É muito útil nos casos de cálculo renal, hemorroidas, inflamação dos rins e vômito.
Como no cozimento quase todo o zinco se perde, é bom comer o maxixe cru, em salada e em suco (sugestões: maçã, cenoura e maxixe; maçã e maxixe; maçã, salsão e maxixe; laranja e maxixe).
O suco de maxixe é um santo remédio para quem tem diabetes.
Faça o teste e comprove.
A receita e o tratamento são muito simples.
Raspe um maxixe e corte-o ao meio.
Adicione 1 copo d’água e bata tudo no liquidificador por cinco minutos.
Coe e beba.
Tome esse suco duas vezes por dia: em jejum e 30 minutos após o jantar.
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

fonte:http://www.curapelanatureza.com.br/post/03/2017/esta-e-forma-certa-de-usar-o-quiabo-para-controlar-diabetes-limpar-rins-e-combater-asma

Diabetes curar dessa doença

Diabetes: conheça a receita natural que pode levar a curar dessa doença


Independente de idade, sexo ou condição social, os danos causados por essa doença são enormes e geralmente afetam órgãos vitais do nosso corpo como rins, fígado e até mesmo o coração. Nos casos mais crônicos da doença, o diabético corre o risco inclusive de perder membros do corpo, como a perna ou o pé por exemplo.
Até onde se sabe, a principal causa do diabetes corresponde a quantidade excessiva de açúcar presente na corrente sanguínea, mas também outros fatores podem colaborar para o desenvolvimento dessa doença nas pessoas, como a genética ou então o sedentarismo e maus hábitos alimentares.
Agora um especialista em medicina das Filipinas chamado Jaime Dy-Liaccoc tem posto isso a prova quando diz que não é o açúcar em excesso que causa o diabetes, mas a falta de sais minerais, que são elementos essenciais para o bom funcionamento do organismo.
De acordo com o especialista filipino a cura do diabetes pode ser alcançada a partir de ingredientes caseiros, facilmente encontrados em nosso dia a dia.

Um bom exemplo de sua teoria é a pimenta. Isso mesmo, a pimenta possui uma substancia chamada de capsaicina que, segundo o dr. Dy-Liaccoc, tem a capacidade de normalizar o nível de açúcar no sangue, promovendo assim a cura do Diabetes.
Esse especialista elaborou uma receita onde, segundo ele, é capaz de promover a cura total para essa doença. Quer saber que receita é essa? Então confira a seguir a receita que pode curar você de uma vez por todas do diabetes e também dos problemas que surgem em decorrência dessa doença.
Receita natural para curar o Diabetes
<
Para fazer essa receita você vai precisar basicamente dos seguintes ingredientes:
02 ovos;
12 pimentas-dedo-de-moça (unidade);
Meia colher (chá) de sal rosa também conhecido como sal do Himalaia;
Modo de fazer:
1. Procure cortar as pimentas em pedaços bem pequenos;
2. Coloque os pedaços de pimenta cortados em um liquidificador para tritura-las bem;
3. Em seguida, você deve adicionar os ovos crus e também o sal do Himalaia juntamente com a pimenta; no liquidificador e bater bem todos os ingredientes;
4. Depois de pronto é só tomar a mistura.
Obs: Os ovos devem ser inseridos crus na receita. Mas procure utilizar ovos nos quais você saiba a procedência, até mesmo para evitar o risco de desenvolver a salmonelose, doença provocada pela ação da bactéria salmonela, comum em ovos in natura. Caso não tenha certeza da origem dos ovos, você pode substitui-los na receita por um pouco de água.
De acordo com o médico filipino, este remédio natural deve ser consumido durante alguns dias para que você finalmente consiga se livrar de vez do Diabetes.


fonte:https://www.natureba.net/diabetes-conheca-a-receita-natural-que-pode-levar-a-curar-dessa-doenca/

remove a placa do seus dentes

O câncer de boca tem múltiplos fatores de risco e algumas marcas populares de enxaguantes bucais com álcool têm sido associados a um grande risco de desenvolver câncer bocal.

Mais de 640.000 pessoas em todo o mundo são diagnosticadas com câncer oral a cada ano, que pode ocorrer na língua, na parte debaixo da língua, no céu da boca, gengivas e bochechas.

A maioria dos enxaguantes bucais contém álcool, juntamente com outras toxinas e produtos químicos que podem estar colocando sua saúde em risco, cada vez que você faz gargarejo, esperando hálito fresco.

Conheça agora o chá verde que vai remover suas placas bacterianas

A boa notícia é, que essa é uma forma mais segura, mais natural (e mais barata) de enxaguantes bucais industrializados.

<
Pesquisadores formaram um estudo incluindo os participantes com doença periodontal existente, e que mudaram sua dieta para o consumo de mais legumes, frutas, grãos integrais, batatas, feijões, ervilhas, lentilhas e especiarias, com água como a bebida preferida.

Os pesquisadores pediram aos participantes para manter seus padrões de higiene oral regulares, e com isso estudaram os resultados. Eles descobriram que comer mais saudável ajuda a fortalecer a sua saúde oral.

Ficar longe de açúcar, também ajuda, já que ele apodrece os dentes, mas os cientistas agora estão descobrindo que outros alimentos têm um impacto sobre a nossa saúde oral.

Os investigadores descobriram que a lavagem com chá verde inibiu fortemente o crescimento das bactérias da placa sobre os dentes dentro de poucos minutos. Apenas 7 minutos depois de bochechar com o chá verde, o número de de placas já reduziu quase pela metade!

O chá verde funciona melhor na redução da placa, do que os enxaguantes buscais, mesmo sem ter todos aqueles produtos químicos prejudiciais.

O chá verde é claramente a escolha mais segura quando se trata de saúde.

Para usar o chá verde com o intuito de lhe dar um bom halito e remover as placas dos seus dentes, faça um bochecho com 2 colheres de sopa do chá, já preparado, após a escovação.

ELIMINE A SINUSITE

ELIMINE A SINUSITE EM 20 SEGUNDOS COM ESTE TRUQUE NATURAL –

Quem tem o problema sabe bem do que estamos falando.
Por isso, neste post, ensinaremos como eliminar o desconforto causado pela sinusite.
Há dois truques naturais que são muito eficazes.
O primeiro pode ser realizado com a ajuda de seu dedo e da sua língua.
Tudo que precisa ser feito é empurrar a língua contra o palato, ou céu da boca, enquanto pressiona o polegar no espaço que fica entre as sobrancelhas.
Faça isso por 20 segundos e veja os resultados rapidamente.
O pulmão vai eliminar todo o excesso de muco que não sai tão facilmente.
Isso acontece porque a cavidade nasal tem um pequeno osso chamado “vômer”, que estimula a saída do muco, limpando os seios paranasais.
O segundo truque é à base de vinagre de maçã e ervas.
Siga as instruções:
INGREDIENTES
<
1/2 xícara de água
1/4 xícara de vinagre de maçã não filtrado
1 colher (sopa) de mel
1 colher (chá) de pimenta-caiena (vende-se em lojas de temperos e especiarias)
1 limão espremido
MODO DE PREPARO
Ferva água numa panela e depois coloque numa garrafa de vidro, adicionando o vinagre, a pimenta e o mel.
Feito isso, mexa bem até que fique homogêneo.
Em seguida, coloque o suco de limão.
Consuma a bebida uma vez por dia antes de dormir, até se ver livre do problema.
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

fonte:http://www.curapelanatureza.com.br/post/07/2016/elimine-sinusite-em-20-segundos-com-este-truque-natural-e-surpreendente

REMÉDIO CASEIRO PARA IMPOTÊNCIA


O MELHOR E MAIS FÁCIL REMÉDIO CASEIRO PARA IMPOTÊNCIA – PARA HOMENS E MULHERES! 

 

O que a melancia pode nos oferecer, além disso?
De origem africana, a melancia é uma excelente fonte de vitamina C, A e B6.
Por ser muito nutritiva, ela ajuda no combate à anemia e fornece energia ao corpo.
Mas sabe o que tem despertado a atenção de muitos?
A parte branca – entre a casca e o vermelho – tem substâncias capazes de estimular a vascularização do corpo.
Você sabe o que isso significa?
Que a melancia aumenta a libido, combatendo a impotência tanto nos homens como nas mulheres.
A parte branca, que faz parte da casca, e a própria casca são as partes mais medicinais da melancia.
Alem disso, a maioria dos nutrientes dessa fruta se encontra na casca.
A casca da melancia, só para você ter ideia, é rica em vitamina A, C, B6, zinco, potássio e magnésio.
Também pode ser encontrada uma boa quantidade de licopeno na casca.
O licopeno é um poderoso antioxidante que pode proteger nosso corpo contra diversas doenças.
A parte branca da melancia, que faz parte da casca, melhora a circulação do sangue.
É por isso que, entre outras coisas, melhora o desempenho na cama.
A casca de melancia também desintoxica todo o trato urinário.
Como consequência, ela ajuda a prevenir infecções e a manter o sistema urinário saudável.
COMO USAR A CASCA DE MELANCIA
SUCO ENERGÉTICO
INGREDIENTES
2 fatias de melancia com a casca (incluindo a parte branca)
Meio copo de água
MODO DE PREPARO

Pique as fatias.
Coloque a água no liquidificador e adicione os pedaços de melancia picados aos poucos, enquanto bate.
Liquidifique bem.
<
Você pode passar o suco numa peneira ou simplesmente não coar – é opcional.
Se sobrar suco, guarde-o na geladeira e tome no mesmo dia.
É importante higienizar bem a casca, especialmente se ela não for orgânica.
REMÉDIO NATURAL CONTRA IMPOTÊNCIA
INGREDIENTES
Melancia cortada em cubos (com a casca)
O sumo de 1 limão espremido na hora
MODO DE PREPARO
Corte a melancia em pequenos pedaços, depois leve para um liquidificador.
Bata muito bem.
Deve obter cerca de um litro de sumo de melancia.
Lembre-se de que até a parte branca do interior da fruta deve ser aproveitada, já que é riquíssima em citrulina, um poderoso estimulante.
Despeje todo o sumo numa panela e leve para ferver.
Feito isso, acrescente o sumo de limão espremido e misture bem.
Deixe a mistura ferver até que a maior parte evapore.
O líquido deve reduzir a metade.
Depois desligue o fogo e espere cerca de uma hora.
Passado o tempo, transfira a receita para uma garrafa de vidro e conserve no frigorífico.
Modo de uso
Tome a bebida em jejum, de manhã cedo, e antes do jantar.
A dose varia de 2 colheres (sopa) a 1/3 de copo.
A quantidade vai depender do seu peso.
Este estimulante caseiro é seguro e eficaz para pessoas de todas as idades e sexos.
Com o seu consumo regular, o vigor é recuperado e o melhor, sem pôr a saúde em risco.
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

fonte:http://curapelanatureza.com.br/post/02/2017/o-melhor-e-mais-facil-remedio-caseiro-para-impotencia-para-homens-e-mulheres

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Cores do xixi: o que indicam ?


Resultado de imagem para Cores do xixi: o que indicam?

Cores do xixi: o que indicam

?

 

Transparente: Se a pessoa bebe muita água, talvez até exagere no consumo.
Amarelo palha muito claro: Esta cor é normal.
Amarelo transparente: Esta cor também indica que está normal.
Amarelo escuro: Também está normal, mas é preciso beber mais água.
Âmbar ou mel: Já aponta desidratação. Portanto, a pessoa deve beber mais água.
Espuma efervescente: Esta condição pode apontar um problema renal ou o excesso de proteína na dieta.
Laranja: Esta cor pode indicar falta de água, ou aparecer por causa da pigmentação da comida. Caso a coloração persista, pode ser problema na vesícula ou no fígado.
Rosada/avermelhada: Esta coloração também pode ser devido à comida. Se continuar, pode ser problema da próstata, vesícula, fígado, rim, infecção ou tumor.
Acastanhada: Aponta problema no fígado ou desidratação grave.
Azulado ou esverdeado: A cor pode aparecer por causa da comida, de um medicamento, ou infecção bacteriana.

Resultado de imagem para Cores do xixi: o que indicam?
Resultado de imagem para Cores do xixi escuro  o que indicam?

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Mesothelioma Law Firm (Quais são os sintomas de câncer de pulmão?)


Quais são os sintomas de câncer de pulmão?

Os sintomas relacionados ao câncer de pulmão são diferentes de acordo com a localização do tumor no pulmão. Entre eles, podemos mencionar:

Tosse, geralmente seca, com persistência por mais de três semanas, ou nos fumantes com tosse crônica quando ocorre mudança da mesma, tornando-se mais intensa ou em horários diferentes dos habituais.

Dispnéia (falta de ar) podendo estar relacionada aos esforços ou mesmo as atividades habituais como tomar banho e em alguns casos até mesmo no repouso. Geralmente surge de forma leve ocorrendo piora com o passar do tempo.

Dor torácica continua, podendo estar relacionada com os movimentos respiratórios ou com a posição.

Hemoptise, ou seja, presença de sangue no escarro, juntamente com a tosse, sintoma também bastante associado a tuberculose.

Pneumonias de repetição ou “mal curadas”.

Inchaço no pescoço ou na face.

Perda de peso importante.

Rouquidão por mais de 1 semana.


O que é câncer de pulmão?
Câncer de pulmão é um tumor maligno que se inicia em um dos pulmões. Como acontece com vários tumores, após exposição aos fatores de risco, uma célula normal do pulmão sofre uma mutação em genes específicos que estão relacionados à multiplicação celular. Essa mutação faz com que essa célula se multiplique descontroladamente, levando à formação de um conglomerado de células - o câncer. Esse conglomerado de células possui características específicas, diferentes dos tecidos normais. Uma dessas características é a capacidade de gerar metástases, que são células que se “desprenderam” do tumor inicial e foram parar em outros locais do corpo, onde continuam se multiplicando, gerando novas lesões. Existem diversos tipos diferentes de câncer de pulmão. Em geral eles são divididos em dois grandes grupos: “carcinomas células não-pequenas” e os “carcinomas de pequenas células”. O primeiro grupo é o mais frequente, sendo os adenocarcinomas e os carcinomas epidermóides os subtipos mais comuns desse grupo.

Quais são os fatores de risco?
O principal fator de risco é o tabagismo. O tabaco possui mais de mais de 4000 produtos químicos sendo 60 deles já identificados como tumorigênicos. O risco é proporcional ao número de cigarros fumados por dia e ao número de anos de tabagismo. Cerca de 90% dos pacientes com câncer de pulmão fumam ou já fumaram durante a vida. Dentre a população que não fuma, o câncer de pulmão é extremamente raro e possui características específicas, diferentes do câncer de pacientes tabagistas. A população que não fuma, mas que é exposta à fumaça de cigarro (tabagismo passivo) apresenta risco aumentado de câncer de pulmão, que é inferior ao risco daqueles que fumam, no entanto cerca de 25% maior do que aqueles que nunca fumaram. Existem outros fatores de risco como exposição a arsênio, cromo, asbesto, sílica, cádmio, radônio, entre outros, mas nenhum deles é tão importante quanto o consumo de tabaco e seus derivados. História familiar de câncer de pulmão e fibrose pulmonar também aumentam o risco de câncer de pulmão, em menores proporções.

Quais são os sinais e sintomas?
Os sintomas são muito variáveis, dependendo da localização do tumor e os sítios de doença metastática. Os mais comuns são:
• tosse (com ou sem sangue)
• falta de ar
• dor torácica
• dificuldade para engolir
• perda de apetite
• emagrecimento
• dor nas articulações
• cansaço
• desânimo
• dor de cabeça
• náuseas / vômitos
• dor nos ossos


Como prevenir este tipo de câncer?

A principal maneira de se prevenir o câncer de pulmão é evitando o tabagismo. Várias políticas públicas de saúde têm sido realizadas nas últimas duas décadas com esse objetivo, o que tem se traduzido na redução da população tabagista no país. Para aqueles pacientes que fumam ou fumaram, a tomografia computadorizada (TC) de baixa intensidade de dose realizada uma vez ao ano também está associada à redução de mortalidade por esse tipo de câncer. É indicada especificamente para aquelas pessoas entre 55 e 74 anos e carga tabágica maior que 30 maços/ano. O cálculo da carga tabágica é realizado pela multiplicação do número de maços fumados por dia pelo número de anos de tabagismo. Por exemplo, um cidadão que fumou 40 cigarros por dia (2 maços) por período de 30 anos possui uma carga tabágica de 60 maços/ano (2 x 30).

Como é o tratamento?
O tratamento do câncer de pulmão é complexo e exige participação de várias especialidades médicas (oncologia, cirurgia, radioterapia, radiologia) bem como vários profissionais de saúde (equipe multidisciplinar – enfermagem, fisioterapia, nutrição, fonoaudiologia). Para o adequado planejamento do tratamento é necessário que seja realizada uma biópsia e a seguir os exames de estadiamento, que têm por objetivo ver o quão avançada está a doença. Os exames mais frequentemente utilizados para isso são tomografia, ressonância, PET-CT, cintilografia óssea, mediastinoscopia, entre outros. Para os pacientes com doença apenas no pulmão (sem metástases) e particularmente sem linfonodos (“ínguas”) no mediastino (região entre os dois pulmões) o tratamento é cirúrgico, seguido ou não de quimioterapia e/ou radioterapia. Para aqueles com doença localizada no pulmão e nos linfonodos, o tratamento é realizado com radioterapia e quimioterapia ao mesmo tempo. E para os pacientes que apresentam metástases à distância o tratamento é realizado com quimioterapia ou, em casos selecionados, algumas medicações via oral (terapia alvo).

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

plantas medicinais sedativas



Resultado de imagem para plantas medicinais sedativas

Camomila: uma das plantas medicinais sedativas mais conhecidas e utilizadas, a camomila tem ainda a vantagem de aliviar perturbações digestivas. Para assegurar uma noite bem dormida, a camomila deve ser preparada em forma de chá, da seguinte maneira: utilize uma colher de sopa de folhas de camomila para cada 230 ml de água, cubra a caneca ou chaleira e respeite um tempo de infusão de cerca de 15 minutos – se a infusão for feita descoberta, o chá perderá, através da evaporação, grande parte dos seus óleos essenciais calmantes. Um alerta apenas para quem sofre de alergias sazonais, que podem ser instigadas ou pioradas com o consumo de camomila.
Passiflora: estudos científicos já comprovaram que 45 gotas de extrato de passiflora são tão ou mais eficazes que vários ansiolíticos e que as partes aéreas da planta contêm propriedades terapêuticas benéficas para o tratamento da ansiedade, tensão nervosa e stress. Para além disso, esta planta medicinal é ainda antiespasmódica, o que se revela eficaz no alívio de espasmos e tremores musculares de origem nervosa. 
Erva de São João: amplamente utilizada no tratamento da depressão e da ansiedade, esta planta medicinal é considerada um antidepressivo e um sedativo, com propriedades terapêuticas positivas e amplamente comprovadas. Sem os efeitos secundários indesejados das suas congéneres químicas, a Erva de São João pode ser utilizada para tratar ambas estas condições, em conjunto ou separadamente.
Lúpulo: curiosamente, esta planta medicinal é utilizada, juntamente com o levedo, a cevada e o malte, no fabrico da cerveja, conferindo-lhe o seu característico sabor amargo. No seu estado mais puro, é um sedativo adequado a casos de insónia e de stress, mas mantém o seu paladar amargo, pelo que é aconselhado a toma de pequenas quantidades. Esta planta medicinal não deve ser tomada em conjunto com sedativos químicos, uma vez que o efeito de ambos é potenciado.
Valeriana: conhecida por ser uma das plantas medicinais sedativas mais eficazes e, consequentemente, mais fortes, deve ser utilizada com precaução uma vez que pode causar sonolência ao longo do dia. Para além de ser eficaz contra o mau dormir, as insónias e a ansiedade, a valeriana traz ainda alívio para quem sofre de dores crónicas.
Eschscholzia californica: uma planta medicinal da família Papaveraceae, é originária da América do Norte e as suas flores cor-de-laranja, folhas e outras partes aéreas possuem características sedativas eficazes, mas não só. Esta planta medicinal é ainda apropriada para o tratamento de dores, cólicas, espasmos musculares e nervosos.
Lavanda: de fragrância suave e cor lilás, a lavanda é uma das plantas medicinais sedativas mais conhecidas, sendo um relaxante natural bastante poderoso, com várias aplicações – desde as infusões e alimentação, passando pela aromaterapia.  
Scutellaria: um género botânico da família Lamiaceae, esta planta medicinal de sabor amargo e refrescante, é comummente utilizada para quem tem perturbações de sono, sofre de nervos, medos, hiperatividade e falta de concentração. Para além das suas propriedades sedativas e calmantes, a Scutellaria é ainda eficaz na diminuição da tensão arterial.
Ashwaganda: cientificamente denominada de Withania somnifera, esta planta medicinal é apreciada por muitas pessoas devido à sua eficácia e versatilidade. Para além de funcionar como um sedativo noturno, é suave o suficiente para ser bem tolerado durante o dia, principalmente naqueles momentos mais agitados, de grande stress ou tensão.
Erva-cidreira: erva-cidreira, cidreira ou Melissa officinalis – nomes diferentes para a mesma planta medicinal, reconhecida pelas suas propriedades sedativas e tranquilizantes. Recomendada à noite para combater insónias e outras perturbações de sono, é ainda bem tolerada durante o dia, podendo ser tomada em momentos de maior ansiedade ou nervos.
! ajude com uma doaçao dados para deposito banco do brasil agencia 06432 conta 263508

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs