emagrecer,dieta,abnoplastia,

reabilitação,quimica,engravida,criança,emagrecer,obsidade

Mostrando postagens com marcador Beleza/Erva/natural. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Beleza/Erva/natural. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Pílula do câncer (Fosfoetanolamina Sintética) DOCUMENTARIO









 

Segundo a legislação, para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária reconheça uma droga como um medicamento legal, permitindo assim sua fabricação e comercialização, é preciso que o produto, através de comprovação científica e de análise, “seja reconhecido como seguro e eficaz para o uso a que se propõe, e possua a identidade, atividade, qualidade, pureza e inocuidade necessárias”.
Tratando-se de um medicamento novo, é exigido que sejam oferecidas “amplas informações sobre a sua composição e o seu uso, para avaliação de sua natureza e determinação do grau de segurança e eficácia necessários”. Essa aprovação só pode ser alcançada após a realização de testes em seres humanos, que servirão como base para a comprovação de que os benefícios do medicamento superam seus eventuais riscos.
A complexidade de formas, variações, reações e transformações através das quais uma doença como o câncer se manifesta torna improvável a ideia uma cura definitiva para essa doença. Ainda assim, a fosfoetanolamina, composto químico sintetizada por um brasileiro, que supostamente possui função antitumoral, apresentando resultados relevantes no combate ao câncer, tem colocado a comunidade médica e os pacientes em natural polvorosa.
Um tratamento menos invasivo e debilitador, levando quem sabe à cura dessa doença, pode estar na esquina da história, aguardando somente o cumprimento desses testes e burocracias para poder ser enfim colocado no mercado e na corrente sanguínea dos que mais precisam.
remédio_cecília bastos
Foto © Cecília Bastos
A fosfoetanolamina é um composto orgânico, presente no organismo de diversos mamíferos, que ajuda a formar as membranas celulares e possui ainda função sinalizadora, informando ao organismo processos e situações atravessadas pelas células.
No final da década de 1980, uma versão artificial desse composto foi sintetizada pelo químico Gilberto Orivaldo Chierice, então professor do Instituto de Química de São Carlos (IQSC), hoje aposentado. Por sua alegada eficiência em combater, reduzir e até curar tumores, naturalmente que a procura pela droga por pacientes foi desde então intensa.
Rogério_Cassmiro_Época
O químico Gilberto Chierice. Foto © Rogério Cassimiro/ Revista Época
Por mais de 20 anos, o químico distribuiu gratuitamente e por iniciativa própria a fosfoetanolamina para diversos pacientes que, em sua maioria, relataram melhoras significativas e até a cura da doença. Uma portaria da USP, universidade a qual o IQSC é ligado, no entanto, proibiu em 2014 a distribuição do medicamento, justamente pela falta de testes, pesquisas, registro e autorização da Anvisa.
A universidade afirmou não possuir meios para a realização dos testes nem para a produção em larga escala. Desde então, diversas liminares foram concedidas pela justiça para permitir a pacientes o acesso ao medicamento. Contudo, a fosfoetanolamina não possui registro na Anvisa e, por isso, ainda não pode ser comercializada no Brasil.
PatrickRodrigues
Fórmula. Arte © Patrick Rodrigues
Trata-se de um dilema labiríntico e angustiante para os que têm pressa de cura. Para conseguir o registro e, assim, sua autorização, o medicamento precisa ter sido testado tanto em não humanos quanto em humanos, e cumprir uma série de exigências e procedimentos documentais. É claro que tais processos possuem fundos sanitários e de segurança importantíssimos, mas sua realização pode ser demorada e caríssima. Sem tais testes, no entanto, é impossível afirmar com segurança que um medicamento seria realmente eficiente, e que não seria uma ameaça para pacientes em estado terminal, por exemplo.
TABELA
Fonte: Revista Época. Arte © Vitor Paiva
Segundo entrevista do próprio Chierice a EPTV, filiada da Rede Globo, a substância não teria ainda chegado ao mercado por má vontade das autoridades. O químico afirma que procurou por diversas vezes a Anvisa, que alegou que faltavam dados clínicos em sua pesquisa, já publicada em diversas das principais revistas científicas do mundo.
A ausência de dados clínicos, segundo ele, não impediu que outros medicamento fossem aprovados no Brasil. “Essa é a alegação de todo mundo, mas está cheio de remédios nesse país que não tem dados clínicos”, afirma o cientista. A agência nega qualquer contato por parte de Chierice.
EPTV
Gilberto Chierice. Foto: reprodução EPTV
Uma das consequências apontadas por Chierice dessa demora será o interesse de outros países pelo desenvolvimento do remédio. “Nós poderemos ter que comprar esse medicamento a custo de mercado internacional”, diz Chierice. “Mas, se não for possível aqui, a melhor coisa é outro país fazer, porque beneficiar pessoas não é por bandeira”, afirma, para em seguida categoricamente enunciar que a fosfoetanolamina é sim uma possível cura para o câncer.
TABELA2
Fonte/Arte © Jornal de Santa Catarina
É inevitável cogitar sobre interesse escusos de grandes laboratórios em impedir o surgimento de um medicamento que torne obsoletos os caríssimos tratamentos contra o câncer já aprovados e utilizados não só no Brasil, como em todo mundo, ameaçando as gigantescas cifras da chamada “indústria do desespero”. Mexer com tais valores, especialmente em um mercado tão urgente e, ao mesmo tempo, de fiscalização tão técnica e especializada (deixando qualquer aval, proibição, ou até mesmo entendimento real nas mãos das agências e especialistas), é necessariamente adentrar um processo caudaloso.
Negar o poder de fogo do lobby da indústria farmacêutica seria ingenuidade leviana em questão tão sensível para a população – o que pode natural e intuitivamente nos levar a questionar inclusive os métodos da Agência para a aprovação de um novo medicamento.
IQSC_divulgação
Em cima: o Instituto de Química de São Carlos (IQSC); Embaixo: Fila de interessados no remédio. Divulgação.
Segundo o testemunho de uma pessoa que preferiu não se identificar (parente de uma paciente de câncer, que chegou a utilizar o medicamento, também apresentando melhoras significativas), o acesso à fosfoetanolamina hoje enfrenta problemas similares a qualquer produto vendido pelo mercado negro. “O custo é alto e sem controle, e os riscos envolvem não só a ameaça pela qualidade do produto, como pela ilegalidade e o perigo do roubo e da violência, visto que o interesse pelo remédio por parte da população é imenso”. A incidência de roubos seria proporcional ao interesse e ao alto custo da medicação.
Na internet são diversos os relatos de pessoas que, mesmo com liminares para o recebimento do medicamento, tiveram dificuldades em retirar o produto nos correios ou mesmo em encontrar a encomenda.
Protesto_divulgação2
Manifestações na internet e nas ruas pela liberação da Fosfo. Divulgação.
Em nota técnica emitida em 2015, a Anvisa esclarece que não há qualquer registro concedido ou pedido de registro sequer para medicamentos com o princípio ativo fosfoetanolamina, nem mesmo para fins de pesquisa envolvendo seres humanos. Assim, a agência não poderia reconhecer, “por absoluta falta de dados científicos”, segundo a nota, a eficácia da fosfoetanolamina para o tratamento do câncer, e por isso não recomenda o uso ou muito menos a substituição de tratamentos já prescritos e estudados por um medicamento ainda não avaliado.
São diversas as academias de medicina, profissionais e entidades especializadas que se posicionam de forma semelhante, não recomendando o uso de uma substância sem que ela tenha sido devidamente testada e aprovada pela Anvisa.
Protesto_youtube
Protestos via youtube pela liberação do remédio. Reprodução YouTube.
Alguns relatos sobre o efeito da droga, no entanto, podem ser lidos até mesmo pelo Facebook. Uma usuária, moradora da Alemanha, conta através de um post que recebeu a doação da USP e, “para total espanto dos médicos, o tumor regrediu 3 cm e eu senti melhor do que nunca”.
Segundo a postagem, seu ânimo e apetite melhoraram sensivelmente, e seu médico alemão teria recomendado que ela continuasse o tratamento. Ela, entretanto, afirma que não pôde mais receber o medicamento e, com isso, o tumor teria voltado a crescer. “Minha única chance atualmente é a Fosfo”, ela escreve. “Minha vida está nas mãos de quem pode ou não liberar as liminares e aumentar a produção”.
post
post2 post3
Posts retirados do Facebook sobre o uso do medicamento.
Diante do impasse, os governos dos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul informaram que realizarão os testes que faltam para a conclusão da pesquisa.
Enquanto isso, alguns deputados mineiros estão se mobilizando para transformar Belo Horizonte no primeiro polo produtor do medicamento. A movimentação pela agilização do processo vem também do próprio Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, que liberou R$ 10 milhões para que pesquisas possam ser concluídas em um período de dois anos, a fim de determinar a eficácia e a segurança do uso da substância. A empreitada mineira será uma parceria entre a USP e a Fundação Ezequiel Dias, a Funed, que, se tudo der certo, segundo a própria fundação em reportagem para O Globo, começará a produção do medicamento em março, com distribuição para todos os estados do Brasil.
remédios_EPTV
O medicamento. Reprodução EPTV.
Em São Paulo, os testes serão realizados em cinco hospitais da rede estadual, com participação de até 1000 pacientes. Segundo David Uip, secretario estadual de saúde do estado, em paralelo à elaboração dos padrões para a realização dessas pesquisas, será enviada uma solicitação à USP e a Gilberto Chierice, pois a fosfoetanolamina é uma droga patenteada por Chierice. Os critérios para a seleção de pacientes envolvidos na pesquisa ainda não foram divulgados, mas a ideia é contemplar diversos tipos da doença, para justamente medir a atuação do medicamento sobre as variações de atuação do câncer no corpo humano.
O fato é que, para além de nossas esperanças e nossos desejos, até que se realizem tais testes, a fosfoetanolamina é somente uma promessa aparentemente boa mas ainda muito arriscada e perigosa. Se essa é uma falsa promessa ou se o medicamento se tornará de fato um marco ou até mesmo o ponto de chegada na busca pela cura do câncer, isso só os resultados desses testes poderão responder. Mas é fundamental que os motivos, os processos e as decisões ao redor da avaliação do medicamento sejam objetivos e transparentes.
Da mesma forma, é de suma importância que as razões de ser de qualquer que seja cada decisão tomada pela Anvisa e pelos laboratórios e instâncias governamentais envolvidas daqui pra frente se deem não em nome do dinheiro ou do poder, mas sim, das conquistas científicas e do bem estar da população como um todo – independentemente da aprovação ou não do medicamento.
remédio_div
Fosfoetanolamina. Divulgação USP.
Veja abaixo a reportagem do Domingo Espetacular, da Rede Record, sobre o medicamento, e outros vídeos sobre o tema:
Fosfoetanolamina: a droga brasileira que promete curar o câncer

 

 

 

 

 

 

 

 

 

depoimentos de pessoas que foram curadas com a fosfoetanolamina





Relato de caso número 1

Relato de caso número 2

Relato de caso número 3

Relato de caso número 4

Relato de caso número 5

Relato de caso número 6

Relato de caso número 7

Relato de caso número 8

Relato de caso número 9

Relato de caso número 10

Relato de caso número 11

Relato de caso número 12

Relato de caso número 13

Relato de caso número 14

Relato de caso número 15

Relato de caso número 16

Relato de caso número 17

Relato de caso número 18

Relato de caso número 19

Relato de caso número 20

Relato de caso número 21

Relato de caso número 22



Relato de caso número 23
Relato de caso número 24

Relato de caso número 25

Relato de caso número 26

Relato de caso número 27

Relato de caso número 28

Relato de caso número 29


Relato de caso número 30


ara ler a nota de esclarecimento do ISQC, clique aqui. Para ler o portal da Anvisa sobre a Fosfoetanolamina, clique aqui.
O Hypeness já falou em reportagem recente sobre outros avanços no combate ao câncer. Relembre aqui.

Os Herdeiros da Pílula do Câncer

terça-feira, 16 de maio de 2017

MISSAO TRANSPLANTE doação transplante de órgãos e tecidos no Brasil


 
Header - Segundo Vídeo
 
 
 
 
 
 
 
Órgãos vinculados à divulgação e à gestão da estrutura responsável por viabilizar os transplantes de órgãos e tecidos no País
Na campanha deste ano, estão envolvidos os seguintes órgãos federais:
 Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República
 Ministério da Saúde
 Ministério da Defesa
 Força Aérea Brasileira
 
 
 
 
 
Websérie Missão Transplante mostra como funciona a engrenagem que move a doação e o transplante de órgãos e tecidos no Brasil; 95% dos transplantes no País são financiados pelo Sistema Único de Saúde
No primeiro semestre de 2016, foram realizados 12.091 transplantes no Brasil. No mesmo período, o País bateu recorde, com 1.438 doadores, 7,4% a mais que no mesmo período em 2015. Atualmente, 95% dos transplantes de órgãos são realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
Para otimizar os bons resultados, em junho deste ano o presidente Michel Temer determinou, por meio do Decreto nº 8.783, que a Força Aérea Brasileira (FAB) mantenha, permanentemente, um avião no solo pronto para responder a qualquer momento uma solicitação de transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo humano para transplante. 
Menos de quatro meses após a sanção do decreto, a atuação da FAB já viabilizou o transporte de 72 órgãos até agora, sendo 30 corações, 28 fígados, 3 pulmões, 5 pâncreas e 6 rins. Foram 67 missões, e a região centro-sul do País recebeu cerca de 70% desses voos.
Para entender mais sobre como é a participação de todos os órgãos envolvidos nas operações de retirada e transplante de órgãos e tecidos no País, convidamos você a acompanhar a websérie Missão Transplante.
Organizada em capítulos em vídeos, explicamos como foi a experiência do transplante de quem recebeu um órgão doado, a atuação da FAB após a definição do decreto presidencial, o papel das companhias aéreas no transporte de órgãos, a abordagem feita por equipe especializada em doação junto à família que acabou de ter um parente constatado com morte encefálica, mostrar a relevância do Sistema Nacional de Transplantes, entre outras informações sobre a ação que tem salvado vidas pelo País.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

serralha cura vitiligo

O vitiligo é uma doença caracterizada por manchas brancas e de causa desconhecida, trazendo como consequência problemas relacionados à autoestima e ao convívio social.
O tratamento pela medicina comum em geral é feito à base de corticoides, psoralênicos, luz do sol, raios ultravioleta e até cirurgia para transplantar células saudáveis à área despigmentada, o que traz efeitos colaterais e não garante que a mancha não volte mais, pois o tratamento é local, ou seja, não se leva em conta o reequilíbrio do corpo como um todo.
A medicina natural, em contrapartida, oferece poderosas opções de tratamento e sem os desagradáveis efeitos colaterais.
E neste post você vai aprender uma dessas poderosas opções.
Esta é uma velha receita, que já curou muita gente.
Ela é bem simples e o resultado chega muito rápido.
Só tem, além da água, um ingrediente: a serralha.
O que é serralha?
A serralha (Sochus oleraceus) é uma planta que é encontrada facilmente em várias regiões do Brasil.
A foto abaixo vai ajudar você a identificá-la com mais facilidade.Resultado de imagem para serralha cura  vitiligo
Resultado de imagem para serralha cura  vitiligo


A serralha é consumida como verdura e, por isso, pode ser encontrada em algumas feiras livres e até mesmo no Ceasa.
Ela é ótima para desintoxicar o fígado, aumentar a produção da bílis, aumentar o apetite e combater problemas digestivos.
E tem uma qualidade que ainda é desconhecida da maioria: ela é poderosíssima para curar o vitiligo.
O tratamento é bem simples.
Se você tem vitiligo, vale a pena se esforçar para fazer este tratamento.
Temos certeza que depois dele você será mais um a divulgar os incríveis resultados deste tratamento.
Duvida?
Então, experimente:
O TRATAMENTO
Todos os dias em jejum, tome um copo de suco da raiz da serralha.

No almoço e no jantar, coma as folhas em salada ou refogadas.
E como se faz o suco da raiz de serralha?
Anote:
INGREDIENTES
A raiz de 1 pé de serralha
1 copo de água
MODO DE PREPARO
Bata os ingredientes no liquidificador.
Coe e tome em seguida.
Consuma em jejum.
Logo nos primeiros dias, as manchas começarão a desaparecer.
E em pouco tempo você estará totalmente livre delas.
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

câncer do cólon sinais


O câncer de cólon é o terceiro câncer mais comum nos EUA. Só em 2016, cerca de 140.000 pessoas foram diagnosticadas com algum tipo de câncer colorretal. O que torna este câncer  mortal é o fato de que a maioria das pessoas o detecta em seus estágios avançados, quando o tratamento é mais difícil. Uma das razões pelas quais os cânceres colorretais são frequentemente ignorados até que seja tarde demais é o fato de que os sintomas que produzem são muito sutis e facilmente confundidos com alguma doença menos grave.Aqui nós vamos mostrar os 4 sinais mais comuns de câncer colorretal que as pessoas normalmente ignoram. Perceber estes sinais precoce é fundamental para o sucesso do tratamento.
Cólicas
Um dos primeiros sintomas negligenciados do câncer de colorretal é a cólica na região abdominal. O que torna este sinal tão facilmente ignorado é que as cólicas abdominais são muitas vezes ligadas a muitas outras condições, não-cancerosas. Embora seja verdade que as cólicas abdominais não são sempre um alerta vermelho, se você estiver enfrentando dores de estômago intensas, especialmente se acompanhada de outros sintomas de câncer colorretal, não hesite em discutir o assunto com um médico.
Fadiga
Outro sintoma  ignorado de câncer colorretal é a fadiga. Como a fadiga crônica é tão comum nos dias de hoje, não é de admirar este sintoma é frequentemente considerado como insignificante. O estilo de vida agitado e a privação de sono são as causas mais comuns que levam ao cansaço.
No entanto, se o seu cansaço não desaparecer mesmo com bastante descanso, ele  não deve ser ignorado. Ainda mais, se for acompanhada de outros sintomas de câncer colorretal, esse é um sinal de aviso sério. Além disso, o câncer do cólon pode provocar sangramento retal, o qual é uma outra causa de fadiga.
Perda de peso repentina
Repentina e involuntária perda de peso de mais de 5% de sua massa corporal em apenas 2 meses é um sinal de alerta grave que nunca deve ser ignorado. Por exemplo, se você pesa 80 quilos, perder mais de 3 quilos sem alterar o seu regime alimentar ou sem fazer exercícios físicos é um alerta vermelho para consultar um médico.
As células cancerosas usam muita energia do corpo, enquanto o sistema imunológico se esforça muito para parar a doença de metástase. É esse gasto excessivo de energia que dá origem a perda de peso drástica.
No caso do câncer colorretais, um grande tumor pode bloquear o cólon afetando assim os movimentos intestinais de uma pessoa e causar a perda de apetite e perda de peso radical.
images
Evacuações irregulares
A vida moderna é geralmente bastante agitada. As pessoas estão sempre limitados no tempo, o que os deixa com muito pouco tempo para si próprios. Isto também significa que as pessoas não conseguem prestar atenção suficiente aos seus movimentos intestinais. No entanto, a freqüência, a consistência e a aparência desses movimentos pode dizer muito sobre sua saúde, e até mesmo indicar a presença de câncer colorretal.
Um monte de pessoas são afetadas com pólipos no cólon, que são pequenos aglomerados de células que podem se tornar cancerosas ao longo do tempo. Quando estes pólipos se transformam em tumores, eles começam a afetar os movimentos intestinais. As mudanças em suas fezes são um sinal sério e você deve procurar um atendimento médico urgente, porque os tumores do cólon afetam a função do intestino grosso.
Fonte:  dailyhealthgen

quinta-feira, 27 de abril de 2017

água de aveia ajudar a perder peso

Você sabia que a água de aveia também pode ajudar a perder peso? Contamos como elaborá-la e como você pode incluí-la na sua dieta para que seja mais eficaz.
Poucos alimentos podem ser tão saudáveis como a aveia. Os estudos realizados sobre ela nos dizem que é um maravilhoso regulador metabólico, isto é, depurará tudo aquilo que está sobrando em nosso organismo e cobrirá as carências. Auxilia o coração, o intestino, sem esquecer, é claro, que nos ajuda a perder peso com seu consumo frequente, quer saber mais?

A FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos) nos diz que é um dos alimentos mais saudáveis que podemos encontrar, uma fonte de energia e vitalidade que deveríamos incluir diariamente em nossa dieta. Trataria-se, pois, de um modo muito natural mediante o qual podemos perder peso sem sofrer muito e, melhor ainda, sem passar fome. Neste artigo explicaremos como.

1. Reduz o colesterol e cuida do nosso coração

Basta tomar uma infusão de aveia em jejum para reduzir o colesterol. Seus óleos ricos em ômega 6 e ácido linoleico constituem as chamadas gorduras boas, capazes de reduzir o colesterol ruim e cuidar do nosso coração.

2. Reduz as calorias

A aveia tem poucas calorias e dispõe também de um efeito saciante. Suas gorduras são muito saudáveis, contém fibra, vitaminas, minerais, oligoelementos e fibra. É, sem dúvida, um superalimento.

3. Depurativa

Dispõe de aminoácidos que nos induzem a produzir lectina no fígado, necessário para nos ajudar a depurar o nosso organismo. Consumir aveia nos permitirá limpar as paredes das artérias, limpando, graças às suas fibras, os depósitos de gordura que nelas se formam.

4. Controla o açúcar

A aveia é bastante recomendada para os diabéticos. Sua fibra solúvel melhora a digestão de amido e mantém estáveis os níveis de glicemia. Um aliado maravilhoso para estes casos.

5. Melhora a digestão

A aveia reduz nosso ácidos biliares, facilitando o trânsito e evitando, assim, a prisão de ventre. Além disso, seus carboidratos são de absorção lenta, o que nos dá uma sensação de saciedade perfeita para ir perdendo alguns quilos e não termos a necessidade de comer muito ou ficarmos “beliscando”.

6. É anticancerígena

São muitos os estudos que foram realizados a este respeito, concluindo que determinados fitoquímicos da aveia nos ajudam a nos proteger contra o câncer. Mais um motivo para consumi-la diariamente.

Por que a água de aveia nos ajuda a perder peso?


  •  A água de aveia em jejum nos ajuda a perder peso porque sua composição, a base de vitaminas, minerais e fibra, nos dá uma sensação de saciedade, mediante o que não sentiremos a necessidade de ficar beliscando, nem comeremos muito.
  • Dá ao organismo propriedades benéficas enquanto, pouco a pouco, perdemos peso.
  • A aveia elimina todas as toxinas que o nosso corpo vai gerando e armazenando. Se nos nutrimos com sua água, ela nos dará proteínas, além de vitaminas, minerais e oligoelementos.
  • É, além disso, diurética, impede o acúmulo de líquidos em nosso corpo e nos faz sentir melhor

Como consumir a água de aveia para perder peso?

1. Quanto consumir?

Com o intuito de emagrecer, deve-se consumir a água de aveia em jejum durante um mês seguido. Isto permitirá que fiquemos saciados por quase toda a manhã e nos dará energia e fibra para começar o dia. Também podemos tomar outro copo antes das principais refeições.

2. Como consumir?

  • Pegar uma xícara de aveia, um ramo da canela em pau e dois litros de água.
  • Em um liquidificador, colocar a aveia junto com um copo de água e bater até obter uma mistura homogênea. Depois pode incluir o restante da água, a canela, algum adoçante, se desejar, ou, ainda melhor, stévia ou duas colheres de mel. Se restar algum grão da aveia, você pode coar esta batida. Depois, coloque a água na geladeira, pois, dessa forma, você a conserva durante todo o dia. Comece o café da manhã com um copo, depois é ideal bebê-la antes das refeições, pois ajudará na saciedade e na nutrição.

3. Exemplo de um dia de dieta com água de aveia:

  • Café da manhã: um copo de água de aveia, uma maça e um chá de sua preferência.
  • Almoço: um copo de água de aveia como bebida. Salada de espinafre, com aspargos e nozes e um peito de frango grelhado.
  • Lanche da tarde: um chá verde.
  • Jantar: um copo de água de aveia. Berinjelas ao forno e algumas rodelas de beterraba temperadas com suco de limão. De sobremesa, uma maça assada com canela.
Como você pode ver, o mais importante é começar o dia com um copo de água de aveia e inclui-la como bebida nas refeições principais, sempre equilibradas e sem cometer excessos. Se fizer esta dieta durante um mês, perceberá que aos poucos irá baixando seu peso.

diagnostico medico online verificador de sintomas on line

Verificador de sintomaHá momentos em que queremos verificar certos sintomas da doença nós ou nossos entes queridos estão experimentando. Podemos não ter a certeza se os sintomas merecer investigação mais profunda ou podemos só quer satisfazer a nossa curiosidade sobre saúde e fitness em geral.
Neste artigo, vamos olhar para dois guias online para verificar seus sintomas da doença on-line, que são extremamente fácil de usar e fornecer informações sobre as causas prováveis.
Antes de prosseguir, é necessário ressaltar que estes guias não deve ser utilizado como um substituto para o conselho médico profissional. É melhor que você usar essas ferramentas como um recurso complementar para obter mais informações, enquanto você pode estar esperando por nomeação do seu médico, ou para saber mais sobre certas doenças.

Verifique os sintomas em linha com Verificador de Sintoma WebMD

Web MD Sintoma Checker é uma ferramenta fácil de usar interativo, onde você seleciona sintomas específicos e identifica possíveis causas.
verificar os meus sintomas on-line
Você começa a escolher o seu sexo e idade, após o qual você pode especificar os sintomas em três formas no painel esquerdo:
  • Você pode identificar o sintoma de zoom na parte do corpo afetada no mapa interativo do corpo humano à esquerda.
  • Você pode selecionar de uma lista de 76 possíveis sintomas organizados em uma lista alfabética e uma lista sintomas comuns.
  • Você pode procurar por sintomas usando a caixa de pesquisa.
Se for o caso, você pode selecionar e adicionar mais sintomas. Depois de identificar os sintomas, o Verificador de Sintoma mostra uma lista de possíveis condições que podem ser a causa deles. Você pode verificar mais sobre qualquer condição possível para a direita dentro do Verificador de Sintoma.
verificar os meus sintomas on-line
Para cada condição, Sintoma Checker fornece uma visão geral, uma lista de todos os sintomas associados a essa condição, e artigos relacionados e vídeos no site da WebMD.
verificar sintomas da doença on-line

Mayo Clinic Verificador de Sintoma

Utilize este guia para descobrir as causas mais comuns de os sintomas mais comuns. A Clínica Mayo Sintoma Checker tem uma abordagem diferente para isolar possíveis condições do que a versão WebMD.
diagnosticar sintomas
Antes de selecionar entre Adulto e os sintomas da criança na primeira página. Para os adultos, há 28 sintomas comuns listados. Depois de escolher um tipo de sintoma, a próxima página permite que você selecione os fatores relacionados, dependendo do sintoma selecionado:
  • Detalhes como persistente / intermitente, começou de repente / gradualmente, etc.
  • Se ela afeta ambos os pares de mãos / pés / etc.
  • Detalhes da dor - duração, padrão, gravidade, localização
  • Os fatores desencadeantes, tais como lesões, uso repetitivo, estresse, mudança no padrão de sono, etc.
  • fatores atenuantes, como medicação, repouso
  • sintomas acompanhantes associadas com o sintoma seleccionado
Note que esta página é específico e diferente para cada um dos 28 sintomas listados na primeira página. As perguntas nesta página são semelhantes ao que um médico iria pedir-lhe depois de contar a ele sobre um sintoma. Assim, o processo realmente se sente semelhante a um diagnóstico real!
diagnosticar sintomas
Depois de fazer as seleções apropriadas nesta página, a próxima dá-lhe possíveis causas dos sintomas. Aqui, você pode ver todos os fatores associados ou sintomas relacionados com esta condição.
diagnosticar sintomas
Clicando sobre a condição leva você para a página principal para ele no site da Mayo Clinic. Aqui, você vai encontrar uma grande variedade de informações e recursos, tais como descrição, causas, fatores de risco, testes e diagnóstico, tratamento e medicamentos, remédios caseiros e alternativas, prevenção, etc.
Para obter mais artigos relacionados com a saúde, vá para a categoria de saúde.
Queria encontrar essas ferramentas úteis? Qualquer outro guia doença em linha que você prefere? Conte-nos nos comentários!

 


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs