. a cura: ervas milagrosas

ache aqui

reabilitação,quimica,engravida,criança,emagrecer,obsidade

---------------------------------- ----------------------------------------------- -----------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

ervas milagrosas

Açafrão - O chá de suas flores é usado como sedativo contra asma e bronquite. As raízes possuem poder diurético, digestivo e ainda aceleram a circulação. Produção por infusão: Coloque as flores no fundo de uma panela e despeje água fervente, depois, tampe-a por volta de 10 minutos. Com as raízes faça o processo de decocção, que consiste em colocar a raiz de molho em água fria por algumas horas, e depois deixá-la fervendo entre 5 ou 20 minutos em recipiente tampado. Estes dois processos conseguem extrair as capacidades medicamentosas da flor e da raiz.
Babosa – Dê preferência a utilização externa desta planta, já que, em grande quantidade, a babosa pode causar diversas complicações internas em quem a usa. As folhas são ótimas se usadas em inflamações, queimaduras ou no couro cabeludo em caso de queda dos fios. Utilize a polpa.
Canela – A planta tem característica estimulante, eleva a pressão sanguínea e pode ser usada contra problemas do estômago. Utilize também em formato de chá, substituindo cafés ou chocolates. Em um curto espaço de tempo já nota-se a diferença.
Cebola – Além de ser ótima em saladas, a cebola também tem características medicamentosas. Se usada externamente pode curar calos, picadas de abelhas, hemorróidas e frieiras.
Dente-de-leão – Se usado internamente é bom remédio contra problemas no fígado e ainda tem características diuréticas.
Erva cidreira – Além das capacidades calmantes, o chá serve também contra dores de dente (se bochechado) e lavagens intestinais. Quando usado externamente, a erva cidreira acalma as dores do intestino, fígado e estomago quando aplicadas sobre o ventre.
Flor-da-noite – Utilize os caules a partir do sistema de decocção, com isso, combata os males do coração provenientes do excesso de álcool e fumo. A flor-da-noite ainda é um ótimo calmante.
Gengibre – As cascas do gengibre podem ser utilizadas no combate aos gases, a cólica, gripes e tosses. O quentão, conhecida bebida das festas juninas, é feito a partir da raiz.
Hortelã – Também conhecido como Monarda punctata, a planta da hortelã pode ser usado em saladas, contra náuseas, vômitos e gases.
Ipê Roxo – A linda planta do ipê pode ser usada contra as inflamações de garganta, úlceras e estomatites.
Juazeiro – As cascas da planta são ótimas contra febres. Utilize o processo de decocção das cascas para produzir o líquido.
Louro – Os poderes do louro vão além da característica de condimento em comidas. A erva pode ser usada por processo de infusão contra nevralgia, reumatismo e úlceras.
Malva – Ótima em gargarejos, contra catarros ou problemas no ouvido. É boa para banhos, e neste caso, eficientes contra inflamações em geral.
Nabo – Fortificante e eficaz contra a tuberculose, o nabo ainda combate frieiras. A utilização das sementes é eficiente contra doenças da bexiga e do peito.
Oliveira – O chá das folhas ajuda a baixar a pressão. Além disso, pode ser usado como um estimulador de apetite.
Piper cubeba – É eficiente contra inflamações e irritações das vias urinárias.
Quebra-Pedra – O nome nasceu da sua principal característica: Elimina cálculos renais. O chá de toda a planta combate dores nas juntas e distúrbios na próstata. Utilize as raízes e cascas a partir do processo de decocção.
Rosa – Mais do que um artigo de decoração, as flores podem ser usadas em caso de estomatite, inflamações na boca, garganta (gargarejos), prisão de ventre, mau-hálito. Se as rosas forem para um banho, prepare-se para uma ótima fonte energética e natural.
Salsa – Usada também em comidas, a salsa pode ser indicada contra problemas nos rins, bexiga, pulmões, inflamações nos olhos, intestinos e fígados. É um ótimo estimulante alimentar e é expectorante.
Tamarindo – O chá de tamarindo é feito com a polpa do fruto e possui características calmantes. Feito a partir do processo de decocção, o chá ainda é bom contra cólicas e diarreia.
Urtiga – Se optar pela utilização externa, a urtiga é boa contra a queda de cabelos (decocção), quando interna é indicada contra urticária e coceiras (infusão). Além disso, é boa contra artrite e hemorragia uterina.
Vassoura – Se machucadas as folhas da vassoura aliviam a dor de picadas de abelhas e vespas. Em chás é ótima contra bronquite, tosse e problemas pulmonares.
Xirimbeira – Também conhecida como cipó dourado, a planta é toda utilizada em formato de chá. O produto é ótimo contra tosses, catarros e bronquites.
Zimbro – Na madeira da planta, encontra-se um ótimo aplicativo contra asma, bronquite, má digestão e ainda é bom diurético. O chá pode ser produzido através de decocção, infusão ou o óleo.

emagrecer,dieta,abnoplastia,

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs